Suape recebe certificações por excelência nas áreas de meio ambiente, responsabilidade social e gestão

|    Porto
Imprimir

Empresa recebeu certificações ISO 9.001, ISO 14.001 e NBR 16.000. Com isso, adquire vantagens competitivas e ganha ainda mais credibilidade no mercado nacional e internacional

 

certificacao3

 

O Complexo Industrial Portuário de Suape recebeu, nesta quarta-feira (22), o reconhecimento pelo trabalho de excelência desenvolvido nas áreas de meio ambiente, gestão portuária e responsabilidade social. O Sistema de Gestão Integrada (SGI) da empresa foi contemplado, após longo processo de auditoria, com as certificações ISO 14.001:2015, pela sustentabilidade ambiental da mata nativa; a NBR 16.000:2012, pela responsabilidade social com a comunidade anexa ao viveiro e socioambiental em todo o Complexo de Suape; e a ISO 9.001:2015, pela qualidade na gestão da movimentação portuária e das empresas privadas no complexo.

A empresa se propôs a certificar o seu SGI nas áreas de meio ambiente, qualidade e responsabilidade social com o intuito de reafirmar o compromisso em entregar produtos e serviços nos escopos de gestão portuária, responsabilidade socioambiental e gestão empresarial, produzidos com base na ética, na responsabilização, transparência e respeito aos direitos humanos. Tudo isso em conformidade com os requisitos legais, qualidade e anseios das partes relacionadas, buscando a perenidade e sustentabilidade dos negócios, do meio ambiente e da sociedade.

O SGI tem o propósito de aumentar o nível de organização interna, ampliar a competitividade no mercado, facilitar o controle da administração e oferecer melhoria contínua, corrigindo erros, reduzindo custos e processos ineficientes. As certificações ISO e NBR são o caminho das organizações que planejam crescimento. Elas atestam a qualidade e o desempenho delas frente aos clientes e stakeholders não só dentro do país, mas também internacionalmente.

“As certificações conferidas a Suape vêm confirmar a curva de crescimento que temos visto ao longo dos anos. O complexo foi pensado, desde o início, como instrumento de estímulo ao desenvolvimento econômico de Pernambuco, mas tem ido muito além da excelência na gestão portuária e das empresas instaladas na área, tratando de forma sensível questões igualmente relevantes, sobretudo atualmente, como a responsabilidade social, a sustentabilidade e a preservação ambiental. Esse é um reconhecimento justo e merecido a todos que contribuem para fazer de Suape uma empresa eficiente e avançada, de destaque nacional e internacional”, salienta o governador de Pernambuco, Paulo Câmara.

 

certificacao2

 

Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Geraldo Julio, o complexo só tem a crescer com mais esse reconhecimento. "O Porto de Suape é um dos maiores polos de desenvolvimento do Brasil. O olhar para o futuro é permanente, planejando cenários e possíveis conjunturas em horizontes de muitos anos à frente. Por isso, se consolida cada vez mais como um hub do Nordeste. Além de ser referência em sustentabilidade, é referência em gestão portuária e responsabilidade social, atraindo cada vez mais negócios para o Estado”, destaca.

NOVOS NEGÓCIOS

O diretor-presidente de Suape, Roberto Gusmão, salienta que essas certificações fortalecem os compromissos socioambientais e sua posição como relevante ambiente de negócios. "Elas consolidam as políticas de governança, ambientais e sociais existentes há tempos em Suape. Além disso, vão auxiliar muito o nosso trabalho de atração de investimentos e novos negócios, ratificando o nosso porto, de forma definitiva, como um dos mais importantes do país. Agora certificado, estabeleceremos Suape como uma marca ainda mais forte no Brasil e no mundo”, pontua.

 

certificacao1

 

Suape implementou e melhorou continuamente o Sistema de Gestão Integrada e obteve certificação para as normas estabelecidas pela Organização Internacional para Padronização (ISO) por meio de auditoria externa independente. A fase de verificação foi realizada em duas etapas: a primeira aconteceu de forma remota em novembro e, a última, presencial, durante este mês de dezembro. A estatal portuária formou um time de auditores internos que participou de todo o processo até chegar à certificação. 

Para o auditor líder da ACT CERT, Luiz Roberto Rodrigues, o comprometimento de todas as equipes de Suape envolvidas no processo e o apoio da cúpula da empresa foram pontos essenciais para que o complexo alcançasse as certificações. "Essa sinergia, essa forte integração da empresa no SGI, e a melhoria no mapeamento de processos, indicadores e análise de risco foram fatores determinantes para que vocês chegassem ao dia de hoje sem nenhuma não conformidade. Por esse trabalho, estão todos de parabéns", avalia o especialista.

VIVEIRO É EXEMPLO

“Com as certificações, Suape adquire vantagens competitivas frente aos concorrentes, ganhando um maior grau de credibilidade no mercado e mostrando ser uma organização comprometida com a gestão de qualidade, do meio ambiente e da responsabilidade social, de seus produtos e serviços prestados”, explica Rafaella Viana, coordenadora de Desenvolvimento Ambiental e Responsabilidade Socioambiental de Suape e representante de Direção do SGI.

Para o engenheiro agrônomo José Mário de Souza Flor e Sá, coordenador do Viveiro Florestal de Suape, a efetivação das certificações no local demonstram o compromisso da empresa com temas importantes, como a sustentabilidade ambiental. “Isso colabora com um meio ambiente saudável e equilibrado, associado a uma responsabilidade social com políticas voltadas ao desenvolvimento socioambiental do território estratégico da empresa”, agrega.