Seu navegador não suporta java script, alguns recursos estarão limitados. Agricultores e artesãos de Suape comemoram sucesso do Projeto Tô na Feira - Suape

Notícias

Agricultores e artesãos de Suape comemoram sucesso do Projeto Tô na Feira

|    Comunidades

 MG 0264Por Grace Souza

A primeira edição do projeto Tô na Feira foi um sucesso para os agricultores familiares e artesãos das comunidades inseridas no território do Complexo Industrial Portuário de Suape. O evento foi realizado hoje (30) durante todo o dia na sede da administração do Complexo, localizada em Ipojuca. Os agricultores e artesãos comercializaram as mercadorias produzidas, exclusivamente, pelas famílias como frutas, verduras, hortaliças, artesanatos, raízes, pães, bolos, cosméticos e vestuário. Todos os alimentos oferecidos são livres de agrotóxicos. MG 0025

A animação da feira ficou por conta do trio pé de serra Ricardo Lima. Foram montadas 19 barracas com produtos selecionados especialmente, como: doces, geleias, licores, pães, bolos, frutas e raízes. Também estavam à disposição dos funcionários artigos como artesanatos, cosméticos derivados de argila, sabão ecológico e mudas de plantas. Os consumidores que adquiriram ao menos R$ 40 em produtos receberam uma ecobag personalizada do evento.

 MG 0097Além dos colaboradores da empresa Suape, participaram funcionários das empresas instaladas no Complexo. Entre os vendedores, foram convidadas famílias residentes na Vila Gaibú, Vila Nazaré, Vila Claudete, Massangana I, Massangana II, Vila Nova Tatuoca, Vila Cepovo, todas localizadas no Cabo de Santo Agostinho. Dos assentamentos rurais, participaram agricultores de Ximenes, situado em Barreiros, e Sacambu, também no Cabo.

 MG 0366Os agricultores e artesãos aprovaram a iniciativa e ficaram satisfeitos com o resultado do evento. É o caso da agricultora Sônia Maria da Silva, que integra o grupo Flores de Ximenes, que trabalha a agroecologia e princípios do feminismo no assentamento. Trabalhando há 30 anos nas lavouras, Sônia cultiva feijão verde, banana, laranja, limão, produzindo também lambedores e doces que comercializa nas feiras de Tamandaré, Barreiros e Palmares. Para o Tô na Feira, a agricultora trouxe feijão verde, banana, doces, limão e lambedor.

 MG 0340Um dos membros da Associação dos Agricultores do Assentamento Bruno de Albuquerque Maranhão, do assentamento Sacambu, Josias Domingos, e sua esposa, Eva Maria da Silva, comercializou produtos feitos artesanalmente pelo casal como a massa de mandioca, goma de mandioca, farinha de mandioca e manuê (um doce parecido com pé de moleque). Há 3 anos morando no assentamento, os agricultores disseram que ficaram surpresos com as vendas e esperam participar de mais edições do projeto.IMG 0184

Presidente da Associação do Assentamento Ximenes, seu Rufino, como é conhecido por todos, ofereceu um estoque de 284 abacaxis, além de bananas e inhame. “Não esperava vender tanto. Vou conversar com a diretoria de Suape para realizar outros projetos desse. Superou todas as expectativas, pois as vendas foram muito boas”, comemorou. A plantação de seu Rufino foi um dos locais atingidos pelas enchentes ocorridas na Mata Sul do Estado em maio deste ano. Na ocasião, o agricultor perdeu toda a lavoura de macaxeira, banana, batata, maracujá, criadouro de peixes, entre outras culturas.

 MG 0319Moradora de Gaibú, a artesã Eliete da Silva fabrica, há 3 anos, produtos à base de argila como sabonetes, esfoliantes, hidratantes, pomadas, óleos e aromatizadores. Ela também faz parte do projeto Quintais Produtivos, onde os integrantes transformam em alimentos o que plantam. Para a feira, além dos cosméticos e produtos de higiene, Eliete trouxe geleia e pão de jerimum, feitos artesanalmente. “Essa iniciativa é maravilhosa. Espero que outras empresas do Complexo também sigam o exemplo e convidem as comunidades para vender seus produtos”, falou entusiasmada.

 MG 0372Para o presidente do Complexo de Suape, Marcos Baptista, o Tô na Feira “é um evento muito importante e que estimula a produção dos moradores das comunidades de Suape, valorizando o trabalho desenvolvido pelos artesãos e agricultores familiares”.

 MG 9887IDEIA - A atividade surgiu necessidade de fortalecer a relação com os moradores locais e desenvolver a sustentabilidade ambiental e social dos residentes no território. A ação, coordenada pela Diretoria de Gestão Fundiária e Patrimônio, conta com o apoio das coordenadorias de Assistência Social, Comunicação, Gestão Fundiária e Condominial, e Diretoria de Administração e Finanças de Suape.

 MG 0348

Contato

Km 10, Rodovia PE-60

Ipojuca - PE - Brasil

CEP: 55.590-000

PABX: +55 (81) 3527-5000

FAX: +55 (81) 3527-5066

Ouvidoria

Tel: +55 (81) 3527-5000

ouvidoria@suape.pe.gov.br

Redes Sociais

social social social
social social social

Links Úteis

antac acesso
logo 3