Alt+Shift+c Ir para o conteúdo Alt+Shift+m Ir para o menu Alt+Shift+b Ir para a busca Alt+Shift+f Ir para o roda-pé
  • Notícias

Movimentação de carga em Suape cresce 35,2% no primeiro semestre

02.08.2011
 Movimentação de carga em Suape cresce 35,2% no primeiro semestre

Com um incremento de 20,1% na movimentação portuária, em toneladas, no primeiro semestre de 2011 (em relação ao mesmo período do ano anterior), Suape comprova que mantém um forte ritmo de desenvolvimento já que, em 2010, cresceu 16.3%. O Porto cresce mais que a economia de Pernambuco, consolidando-se como um dos grandes portos do Brasil. No primeiro semestre, o aumento na movimentação de contêineres foi de 35,2%, um dos maiores crescimentos da história de Suape. No período foram operadas mais de 4,8 milhões de toneladas. A movimentação de contêineres representou 46% da movimentação total do Porto superando, pela primeira vez na história de Suape, as operações com granéis líquidos (destaque para produtos como diesel, GLP e gasolina) que representaram 45 % do total.

Segundo o vice-presidente de Suape, Frederico Amancio, a expectativa para o segundo semestre é que o crescimento seja ainda maior. “A partir de agosto essa movimentação terá um impacto ainda mais forte, principalmente quando for implantada uma nova linha de longo curso vinda diretamente da Ásia. Com isso, consolidando Suape como hub port, ou seja, um importante porto distribuidor de cargas para todo o norte nordeste e em breve para todo o Brasil. Fecharemos o ano com mais de 10 milhões de toneladas de cargas movimentadas”, explica.

As operações de cabotagem continuam com forte ritmo de crescimento chegando neste semestre a 20,9% de evolução. As operações de cabotagem e transbordo deverão contribuir para consolidar o Porto de Suape no contexto nacional. Para os próximos anos estes números deverão crescer em ritmo ainda maior. É que com o início da operação de grandes empreendimentos estruturadores, como a Refinaria Abreu e Lima, a expectativa é que Suape chegue ao final de 2013 com uma movimentação de 30 milhões de toneladas.