Alt+Shift+c Ir para o conteúdo Alt+Shift+m Ir para o menu Alt+Shift+b Ir para a busca Alt+Shift+f Ir para o roda-pé
  • Notícias

Governo do Estado anuncia parcerias para capacitar 4,2 mil pernambucanos para o setor naval

29.11.2012
Governo do Estado anuncia parcerias para capacitar 4,2 mil pernambucanos para o setor naval

Foto: Divulgação / SEI

O Governo de Pernambuco firmou nesta quarta-feira (28) importantes parcerias visando à qualificação profissional para setor naval e sua cadeia produtiva. Durante cerimônia no estaleiro STX Promar, em Suape, o governador Eduardo Campos anunciou a abertura de 4,2 mil vagas destinadas a estudantes egressos da rede pública, maiores de 18 anos e que morem nas cidades do Recife, Moreno, Ipojuca, Jaboatão dos Guararapes, além de Escada e Cabo de Santo Agostinho.

Eduardo sublinhou a importância da ação, que, para ele, “está levando vida a um setor estratégico da economia pernambucana”. “Temos um desafio pela frente, que é capacitar as pessoas para o setor naval. Mas esse é problema bom de resolver, porque ruim era quando tínhamos gente preparada em casa, mas não havia emprego e nem oportunidades disponíveis”, lembrou o governador, durante a solenidade que marcou o início dos cursos de qualificação de trabalhadores para o estaleiro STX Promar.

Os cursos ofertados pela iniciativa terão, em média, 200 horas de duração e serão realizados na escola do SENAI, no Cabo de Santo Agostinho. As dez primeiras turmas já estão fechadas e começam as aulas na próxima segunda-feira (03/12). Neste primeiro momento, serão recrutados 200 novos funcionários para o Promar, que deverá tirar desse público 70% do seu quadro operacional.

“Em seis meses, estaremos com 600 funcionários oriundos desses cursos”, informou o presidente do Promar, Miro Arantes, lembrando que a empresa já “exportou 100 funcionários pernambucanos para o Rio de Janeiro”, onde passam por capacitação de um ano, antes de retornarem para partilhar com os seus colegas de trabalho o conhecimento adquirido no período. “Com todo o engajamento do governador e da sua equipe, Pernambuco se consolida como um estado produtor da indústria naval em diversos segmentos”, cravou Arantes.

Além de atender à demanda do Promar, as demais turmas vão formar mãos de obra local para os outros dois estaleiros pernambucanos e também da cadeia produtiva do setor. Entre as opções de cursos ofertados estão as capacitações para as áreas de soldagem, caldeiraria e montagem e preparação de superfícies metálicas.

As inscrições serão feitas através do site da Secretaria de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo (http://www.stqe.pe.gov.br). Quem quiser se candidatar a uma dessas vagas e obter mais informações sobre os cursos deverá acessar, semanalmente, o endereço eletrônico. De acordo com o secretário de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo, Antônio Carlos Maranhão, o calendário das capacitações ofertadas será sempre divulgado com 15 dias de antecedência. “Com essas vagas vamos aproximar ainda mais os cursos de formação à porta de entrada das empresas”, garantiu Maranhão.

Três jovens que fazem parte da primeira etapa da iniciativa estiveram presentes à cerimônia de hoje. Com 18 anos, Victor Henrique Leocácio, não terá problemas para conseguir seu primeiro emprego. “Com esse incentivo do Governo, vou conseguir me profissionalizar como eletricista industrial”, comemorou o garoto, que é morador de Jaboatão. “Esse curso abre a oportunidade para que eu consiga me inserir nesse mercado extremamente promissor e cresça dentro dele”, completou Janilson José da Silva, 26, também de Jaboatão.

Já Alexsandro Leonardo, 26, trabalhava antes como mergulhador em Porto de Galinhas. Para ele, que é casado e tem uma filha, a possibilidade de ter um trabalho formal faz toda a diferença. “É muito importante não depender da sazonalidade do turismo”, argumentou o morador de Ipojuca.

A cerimônia ainda reuniu o vice-presidente do Promar STX- OSV Noruega, Knut Ola Tverdal, o presidente da Transpetro, Sérgio Machado, os presidentes dos estaleiros Atlântico Sul, Otoniel Silva Reis, e do CMO, José Pedro Mota, a prefeita da cidade de Pori, na Finlândia, Aino-Maija Luukkonen, além de secretários de Estado, deputados e representantes da academia. Na ocasião, foram assinados dois documentos de cooperação técnica e convênio entre o Governo do Estado, SENAI, o Instituto Federal de Educação (IFPE) e os três estaleiros.

Indústria Naval
O Programa de Modernização e Expansão da Frota da Transpetro (Promef) encomendou de novos 49 navios, num investimento orçado em R$ 11,2 bilhões. Desse total, 30 embarcações serão produzidas em estaleiros pernambucanos. O navio João Cândido já está em operação e o Zumbi dos Palmares foi lançado ao mar na semana passada. Atualmente, o Estaleiro Atlântico Sul é o único em operação no estado.

O STX Promar está com 70% das obras concluídas e deve entrar em operação em 2013, com a entrega do primeiro navio para 2014. Tem encomenda de oito navios gaseiros, que são usados para o transporte de gás de cozinha. Para a construção dessas embarcações será necessário um investimento de R$ 917 milhões.

*Secretaria Especial de Imprensa / SEI